Manual Sobre Vivência

Caro leitor: quando nasceu, foi-lhe entregue o respectivo manual sobre como sobreviver neste mundo? Não? Temo dizer que foi enganado e sugiro que siga este blogue atentamente, se possível, algumas vezes por dia!

quarta-feira, março 19, 2008

www.vaiverseestounaesquina.pt

Depois dos engates por internet, do sexo pela web, da pedofilia em www, do fim de relações amorosas pela world wide web, dos suicídios frente a uma web cam, chegou a oportunidade de nos divorciarmos online... o Divórcio na Hora que para os mais aflitos deveria ser encolhido ao Segundo ou ao Milésimo.

Claro que isto só pode ter sido ideia de algum internauta com uma banda larga como deve ser lá em casa, porque se um tipo tem a chamada "net a carvão" e uma relação tão calorosa como um dia no Alasca, estaria muito mais disposto a inventar o divórcio por sinais de fumo, por motivos óbvios.

Se o divórcio até pode ser um momento de descontracção (dizem os ex-casais modernos), romper um casamento por internet pode ser a única possibilidade de nos despedirmos da nossa ex com expressões como "lolão", "lolada", ou símbolos como ;-) ou mesmo ;P. Mas não só! Há sempre a possibilidade de incluir um link que anuncia a chegada ao You Tube do vídeo que fizemos com a vizinha de cima...

Não deixa de ser interessante que a nossa vida se resuma a janelas do Windows: numa estou a engatar alguém no Messenger, noutra estou a visitar uns perfis no Hi5, pesquiso um bom motel no Google para levar uma miúda que conheci no Orkut e... espera lá! que janela é aquela??? ah, é verdade... deixa-me acabar aqui o processo de divórcio...

2 Comments:

  • At 9:02 da manhã, Blogger Zorze said…

    "Janelas" seria o título perfeito para o teu post, não é, Zequelelé!

     
  • At 10:01 da manhã, Blogger estrela said…

    Diz a Igreja que esse portal é quase uma promoção ao divórcio.naaaahhhhhh!

    Há velocidade que isto anda ainda vai aparecer o case e descase: "Já entreguei o IRS, agora quero o divórcio" "Ah, mas preciso de pedir um empréstimo. Vamos casar outra vez"

     

Enviar um comentário

<< Home